Home   Especiais   Opinião   Pistas  Agenda  Galeria  Wallpapers  Fale Conosco  
 Categorias
 
 
 
Incrível: FIAk supera marca de 100 pilotos no GP Garage Burger
 
Não em única prova, claro, o título foi apelativo. Mas ter 100 pilotos em oito anos de existência da FIAk indica que muita gente não liga para a própria integridade física; vitória é de Luiz Vicente

Se existe algum estudo em uma universidade inglesa querendo provar que o ser humano não liga muito para a própria integridade física, o argumento definitivo veio ontem, após a disputa do GP Garage Burger, a segunda etapa da temporada 2009 da FIAk (Federação Internacional dos Andadores de Kart).

O campeonato que reúne os melhores pilotos-jornalistas do planeta atingiu a incrível marca de 100 participantes em sua história. Isso mesmo, nas pistas fiakianas, uma centena de gente já arriscou seu pescoço correndo de kart numa prova com escribas metidos a volante. Segundo o Datafrança, cem pessoas são suficientes para considerar sucesso de público um jogo Portuguesa X Taubaté em campo neutro num dia chuvoso.

"Quando criei a categoria, já pensava que a gente ia correr sem pilotos”, disse Rodrigo Ecclestone, em frase que sua assessoria de imprensa creditou como "bad translation” na confusão do sem com cem. "Isso é cem graça”, tentou corrigir um assessor ainda mais confuso.

A glória de ser o 100º piloto da FIAk coube a Felipe Nóbrega, que, junto com seu colega de Folha de S. Paulo, Fabiano Severo, criou a equipe TNM-Folha, de sigla impublicável, que garantiu sua participação no último dia de inscrições. "Era para ser Tá na Merd mesmo, no original em francês, mas era mais caro colocar três palavras e resolvemos fazer como a RBR na categoria de base da FIAk”, explicou Nóbrega.

Mas a maior festa da noite foi mesmo para Luiz Vicente, da Napa Racing, única equipe a ter um logotipo reconhecido pela Abrinq. Em-noite-inspirada, o piloto fez barba-cabelo-e-bigode, ganhou de ponta-a-ponta e deu novo significado aos clichês de vitórias-maíusculas – aqui devidamente tratadas com hífen.

"Quando milkshake e X-salada viram prêmios, não tenho como ficar fora do pódio”, diz Vicente, referindo-se ao patrocínio da prova, de uma famosa hamburgeria da Zona Leste de São Paulo. Além do lanche no Garage Burger, ele recebeu da Enza Troféus a taça de primeiro lugar das mãos de João Alberto Otazú, um dos homenageados da noite, com seus 30 anos de carreira.

A prova foi oficialmente batizada de "FIA World Series – Grand Prix Garage Burger presented by Otazú 30”, mas, como previsto, nem mesmo o site controlCcontrolV.com publicou o nome na íntegra.

Nesta prova que oferecia sandubas aos vencedores, nada mais justo que também se destacasse a equipe Fat N’ Fast. Após travar um bom duelo com Rodrigo França nas voltas iniciais, Lipe Paíga chegou mais uma vez no pódio. França ficou em segundo, mas o terceiro lugar de Lipe foi suficiente para colocar o semi-obeso piloto na liderança do Mundial, com 14 pontos. Com o quinto lugar de seu companheiro de equipe, Tiago Mendonça, a FNF lidera o campeonato de construtores, com 24 pontos.

"Cavalo paraguaio que nada. A gente veio para ficar. E engordar”, disse Paíga, que também é líder isolado do campeonato de estreantes. Antes deste ano, o piloto havia disputado apenas três provas, sem marcar um ponto sequer – e agora, já acumula dois pódios.

Mendonça, com 10 pontos, é o vice-líder, mostrando que a equipe vem realmente tirando vantagem de seu polêmico difusor traseiro avantajado, que garante incrível aderência nas curvas de baixo calão. "Eles usam esta pressão aerodinâmica aqui desde 2007”, denunciou uma fonte não-mineral, citando a única vitória de Mendonça (em mais de 50 GPs) na Vila Prudente, naquele ano, e sua pole em 2008.

Mas o senhor Prudente, mesmo, é Vicente. Ente para cá, ente para lá, ele venceu nesta pista pelo segundo ano consecutivo, fazendo hat-trick (pole, melhor volta e vitória). Sua vitória fechou um ciclo de domínio dos últimos campeões da FIAk: Rodrigo França-Bruno Terena. O último piloto a vencer, antes disso, havia sido justamente Vicente, também na Vila Prudente.

Em sua 49ª participação na FIAk, Vicente atingiu a marca de 210 pontos e cinco vitórias, empatando nas estatísticas com Guto Oliveira e Flavio Gomes, que era, até então, o piloto que acumulara mais vitórias sem conseguir se sagrar campeão. A liderança no ranking de vitórias é de Rodrigo França (com 14), seguido por Ricardo Lopes (com 9) –o campeão de 2006, por sinal, voltou às pistas, mas não repetiu suas vitórias anteriores na Vila Prudente e foi apenas o 10º.

O atual campeão, Bruno Terena, é o sexto na contagem, com 4 vitórias. Sua equipe, a Napa Racing, ocupa a vice-liderança dos Construtores, com 20 pontos, mesma pontuação da RF1-ParadiseMV. O problema é que Terena, vencedor no Jaguaré, teve noite para ser esquecida no GP Garage Burger, amargando um 11º lugar.

"A culpa é do França, que resolveu se vingar das pragas que eu aprontei pra ele”, resmungou Terena. O piloto taubateano rebateu. "Ele mente muito. Basta ver o tamanho do nariz dele”, disse o tricampeão, que, com 8 pontos, é o quinto na classificação do campeonato, mesma pontuação de seu companheiro de equipe, o estreante veloz Ricardo Levy, que mais uma vez terminou nos pontos ao cruzar a linha de chegada na sexta colocação.

A imprensa austríaca já especula que o novato pode roubar a vaga de Cássio Cortes como estrela da RF1-ParadiseMV. Na busca pelo título de construtores, o time demitiu Mendonça, parceiro de França no time nos últimos anos. Só que, até agora, o ribeiraopirado já acumulou 10 pontos no campeonato, contra apenas 4 de Cássio – França e Levy conseguiram o dobro de pontos em duas corridas.

"Isso é ridículo, meu kart não tinha o novo difusor duplo, se descontarmos estes 0s5, fui mais rápido que França”, diz Cortes, que já reclama do tratamento oferecido no seu novo time. "Não tem nem plano de saúde”, argumentou, criticando também o líder do campeonato, que o jogou para fora da pista em uma disputa. "O Lipe é um piloto limpo. Limpostor”, disse o piloto, que estreou sem pontos a nova pintura do capacete.

Tanto Cortes quanto Terena mostravam-se ansiosos pelo início da temporada "européia” da FIAk, com as provas no Kartódromo Granja Viana. Enquanto isso, na temporada asiática, as novas equipes fazem a festa, como Marcelo Povreslo, que conquistou a melhor posição de sua carreira após o quatro lugar na Vila Prudente.

Após passar em branco no Jaguaré, a MP Mastermídia Autojornal pontuou com seus dois pilotos, já que Otazú foi o sétimo colocado após ultrapassar Cortes (o 9º) e Luiz Alberto Pandini (o 8º) nas duas últimas voltas. "Sem Kers e sem Kerer, conquistei meus primeiros pontos. Talvez nos próximos 30 anos eu suba no pódio, de elevador ou guindaste”, disse o veterano piloto, ironicamente o campeão da Estreantes do ano passado.

O time de Otazú e Povreslo ultrapassou a Psychodelic Team Lotus na tabela, mesmo com o oitavo lugar de Pandini, já que Alexander Grunwald, seu companheiro de equipe, foi apenas o 12º colocado, duas posições à frente do outro piloto da PTL, o estreante Fábio Sanches. "Fiquei animado com a história de ‘aniversariante não paga’, mas descobri em duas curvas que ‘não paga, mas também não anda’. Minha retomada era pífia. Um pipoqueiro podia me ultrapassar na saída daquele grampo”, disse Grun.

Bráun GP, Charlie BrownGP e Beepress Racing não enviaram representantes à Vila Prudente. Segundo informações da imprensa taubateana, os três times estudam migrar para a F-1, que, com o novo teto orçamentário, poderia ser economicamente mais viável que a FIAk. Rodrigo Ecclestone nega a possibilidade.

"Se eles quiserem ir, vão se lascar. Aquele tal do Luca (a reportagem não soube dizer se era o Montezemolo, o Badoer ou o Bassani mesmo) me ligou da Itália pedindo vaga aqui na FIAk. Então, se estes 3 times saírem, eu arrumo outros 3 fácil, fácil”, completou o sobrinho-neto não reconhecido de Bernie.

2ª etapa da temporada 2009 (prova nº 56)
GP Garage Burger, Vila Prudente, 19 de maio de 2009

Participantes: 15
Pole position: Luiz Vicente, 26s790
Melhor volta: Luiz Vicente, 26s540

1. Luiz Vicente, 38 voltas em 19min27s200 (26s540) – Napa Racing
2. Rodrigo França, + 7s380 (26s800) – RF1 ParadiseMV
3. Lipe Paíga, + 12s470 (26s870) – Fat N’ Fast Racing
4. Marcelo Povreslo, + 23s410 (27s020) – MP Mastermídia Autojornal
5. Tiago Mendonça, + 26s870 (27s070) – Fat N’ Fast Racing
6. Ricardo Levy, + 1 volta (26s910) – RF1 ParadiseMV
7. João Alberto Otazú, + 2s380, a 1 volta (27s080) – MP Mastermídia Autojornal
8. Luiz Alberto Pandini, + 3s120, a 1 volta (27s120) – Psychodelic Team Lotus
9. Cassio Cortes, + 3s380, a 1 volta (27s010) – RF1 ParadiseMV
10. Ricardo Lopes, + 4s830, a 1 volta (27s100) – Fat N’ Fast Racing
11. Bruno Terena, + 10s690, a 1 volta (27s430) – Napa Racing
12. Alexander Grünwald, + 2 voltas (27s820) – Psychodelic Team Lotus
13. Felipe Nóbrega, + 8s420, a 2 voltas (27s210) – TNM-Folha
14. Fabio Sanches, + 14s730, a 2 voltas (27s980) – Psychodelic Team Lotus
15. Fabiano Severo, + 16s740, a 2 voltas (28s110) – TNM-Folha
(Entre parênteses, a melhor volta do piloto na corrida)

Campeonato FIAk World Series 2009:
1. Lipe Paíga, 14 pontos
2. Bruno Terena, 10 (1 vitória)
Luiz Vicente, 10 (1 vitória)
Tiago Mendonça, 10
5. Rodrigo França, 8
Ricardo Levy, 8
7. Marcelo Povreslo, 5
8. Cassio Cortes, 4
9. Alexander Grünwald, 3
Luiz Alberto Pandini, 3
11. João Alberto Otazú, 2
12. Rafael Durante, 1
NC. Daniel Betting, Bruno Império, Fabiano Severo, Fabio Sanches e Felipe Nóbrega

Campeonato Estreantes FIAk 2009:
1. Lipe Paíga, 20 pontos
2. Ricardo Levy, 16
3. Daniel Betting, 6
Felipe Nóbrega, 6
5. Fabio Sanches, 5
6. Fabiano Severo, 4

Mundial de Construtores FIAk 2009:
1. Fat N’ Fast Racing (L. Paíga*, T. Mendonça, R. Lopes), 24 pontos
2. Napa Racing (B. Terena, L. Vicente), 20 (2 vitórias)
3. RF1 ParadiseMV (C. Cortes, R. França, R. Levy*) , 20
4. MP Mastermídia Autojornal (M. Povreslo, J. A. Otazú), 7
5. Psychodelic Team Lotus (A. Grünwald, L. A. Pandini, F. Sanches*), 6
6. Bráun GP (R. Durante, B. Vicaria, B. Império*), 1
NC. Beepress Racing (W. Gonzalez*, D. Betting*), 0
NC. Charlie BrownGP (C. Bernucci, B. D’Elboux), 0
NC. TNM-Folha (F. Severo*, F. Nóbrega*), 0
Rodrigo França

anterior Índice de notícias próxima
Enviar Imprimir  




Fórmula 1
Fórmula 3
Fórmula Truck
GP2 Series
Outras Fórmulas
Stock Car
GT3 Brasil
Rally
Kart
Endurance
Esporte Turísmo
Esporte Protótipo
Brasil
Europa
Estados Unidos
Mercado
Esporte Amador
Outros


© Copyright 2001/2018 KARTING. Todos os direitos reservados