Home   Especiais   Opinião   Pistas  Agenda  Galeria  Wallpapers  Fale Conosco  
 Categorias
 
 
 
Superleague: Acidentes destroem corridas de Pizzonia na Espanha
 
Pizzonia foi veloz em todas as corridas do ano (Foto: Divulgação)
Piloto do Corinthians foi acertado nas duas provas e foi obrigado a abandonar em Jarama

Assim como em quase todas as etapas da temporada 2009 da Superleague Formula, a velocidade e o bom desempenho do brasileiro Antonio Pizzonia com o carro do Corinthians não se traduziu em resultados. Na sexta e última etapa do futebol sobre quatro rodas, disputada neste domingo (08/11) em Jarama (Espanha), ele foi atingido na traseira nas duas corridas e não completou nenhuma das provas.

“É uma pena. Assim como em toda a temporada, o carro estava bom. Não como esperávamos, mas estava bem veloz. Fica o aprendizado”, conta. O título ficou com o Liverpool (ING), conduzido pelo espanhol Adrián Valles. O Corinthians terminou o ano em oitavo e o Flamengo foi o 16º.

Na corrida inicial, Pizzonia foi atingido na traseira ainda na primeira curva. Na colisão quebrou-se um pedaço de seu aerofólio traseiro. Comprovando a velocidade de seu bólido, o brasileiro anotou a terceira volta mais rápida da corrida, mesmo com parte da estrutura aerodinâmica de seu carro danificada.

A quebra da asa comprometeu aos poucos o desempenho do carro corintiano. A poucas voltas do fim da corrida, quando ocupava o quarto lugar, Pizzonia viu o carro da Roma se aproximar. Numa tentativa discutível de ultrapassagem, o representante da capital italiana acertou o bólido do Timão. Ambos foram obrigados a abandonar.

“Ele tentou uma manobra impossível. O bico do carro dele acertou minha roda traseira direita, furou o meu pneu e acabou com minha corrida”, explica o Jungle Boy, como ele é conhecido no exterior. Com o abandono o Corinthians terminou em 14º. A vitória foi do Anderlecht (BEL).

Com o resultado, Pizzonia largaria na quinta colocação. Mas uma punição inusitada o colocou em 15º do grid. “Eu fui penalizado em 10 posições porque deveria ter parado nos boxes quando meu carro estava com problemas mecânicos. Nunca vi isso antes, nem na Fórmula 1”, afirma o experiente piloto, que soma passagens pela F1 e Champ Car.

Na segunda corrida do dia, Pizzonia não conseguiu seque completar a primeira volta. Na largada ele foi acertado novamente na traseira. “Alguém passou direto na primeira curva, bateu em mim e quebrou minha suspensão”, completa.

Apesar de não alcançar os resultados esperados, o brasileiro termina a temporada contente com seu desempenho. “Tivemos ótimos momentos este ano. Estive rápido em todas as corridas. Perdi vitórias e melhores resultados por conta de falhas mecânicas, de estratégia e de pit stop”, conclui o titular do Timão.

Assim terminou a 11ª etapa da temporada em Jarama:

1) Anderlecht (BEL), 34 voltas em 46min35s409;
2) Sevilla (ESP), a 14s048;
3) Milan (ITA), a 30s729;
4) Tottenham (ING), a 35s924;
5) Basel (SUI), a 39s164;
6) Porto (POR), a 53s145;
7) Liverpool (ING) a 53s742;
8) Olympiacos (GRE), a 56s171;
9) Lyon (FRA), a 1min00s262;
10) Rangers (ESC), a 1min04s524;
11) Flamengo (BRA) a 1min13s243;
12) PSV (HOL), a 1min16s659;
13) Sporting (POR) a 1 volta;
14) Corinthians (BRA) a 3 voltas;
15) Roma (ITA), a 3 voltas;
16) Galatasatay (TUR), a 27 voltas;
17) Atlético de Madrid (ESP), a 33 voltas;
18) Midtjylland (DIN), a 34 voltas.

Assim terminou a 12ª etapa da temporada em Jarama:

1) Galatasatay (TUR), 31 voltas em 45min42s682;
2) Tottenham (ING), a 3s895;
3) Midtjylland (DIN), a 8s897;
4) Liverpool (ING) a 9s769;
5) Porto (POR), a 10s029;
6) Sevilla (ESP), a 19s731;
7) Atlético de Madrid (ESP), a 22s433;
8) Basel (SUI), a 23s472;
9) Rangers (ESC), a 24s687;
10) Olympiacos (GRE), a 28s994;
11) Lyon (FRA), a 1min06s568;
12) Flamengo (BRA) a 6 voltas;
13) Sporting (POR) a 7 voltas;
14) Milan (ITA), a 8 voltas;
15) Anderlecht (BEL), a 22 voltas;
16) Roma (ITA), a 26 voltas;
17) PSV (HOL), a 31 voltas;
18) Corinthians (BRA) a 31 voltas.

Assim terminou a Super Final em Jarama:

1) Anderlecht (BEL), 5 voltas em 6min50s779;
2) Sevilla (ESP), a 1s393;
3) Liverpool (ING) a 4s353;
4) Galatasatay (TUR), a 8s770;
5) Porto (POR), a 10s288;
6) Tottenham (ING), a 28s487.

Esta é a classificação final da Superleague Formula depois de 12 etapas:

1) Liverpool (ING), 412 pontos;
2) Tottenham (ING), 382;
3) Basel (SUI), 308;
4) Anderlecht (BEL), 305;
5) Porto (POR), 302;
6) Olympiacos (GRE), 300;
7) Milan (ITA), 286;
8) Corinthians (BRA), 264;
9) Sevilla (ESP), 253;
10) Rangers (ESC), 241;
11) Galatasatay (TUR), 239;
12) Sporting (POR), 215;
13) Roma (ITA), 211;
14) Midtjylland (DIN), 203;
15) Atlético de Madrid (ESP), 202;
16) Flamengo (BRA), 191;
17) Lyon (FRA), 160;
18) PSV (HOL), 145;
19) Al Ain (EAU), 135;

Visite www.blogdopizzonia.zip.net
Siga: www.twitter.com/antoniopizzonia
João Alberto Otazu

anterior Índice de notícias próxima
Enviar Imprimir  




Fórmula 1
Fórmula 3
Fórmula Truck
GP2 Series
Outras Fórmulas
Stock Car
GT3 Brasil
Rally
Kart
Endurance
Esporte Turísmo
Esporte Protótipo
Brasil
Europa
Estados Unidos
Mercado
Esporte Amador
Outros


© Copyright 2001/2019 KARTING. Todos os direitos reservados