Home   Especiais   Opinião   Pistas  Agenda  Galeria  Wallpapers  Fale Conosco  
 Categorias
 
 
 
Chuva e interrupções “esticaram” classificatórias em Interlagos
 
O tempo ruim em São Paulo provocou uma extensão do tempo de duração das sessões classificatórias para o penúltimo Grande Premio de 2009.

Já no quarto minuto do “Q1” Giancarlo Fisichella rodou na saída do "Esse do Senna”, e em função da parada do Ferrari em posição perigosa, foi apresentada a primeira bandeira vermelha.

Após um intervalo de 12 minutos dado para a melhoria das condições da pista, a parte inicial da sessão foi reiniciada, e nela Sebastian Vettel viu terminadas suas chances de briga por uma boa posição no grid ao ser o 16º.

Houve uma nova paralisação de 25 minutos do treino para a melhoria das condições do piso, intervalo que não foi suficiente para evitar uma batida forte do Force India de Vitantonio Liuzzi na reta dos boxes, episódio que apesar de ter destruído bastante o bólido do italiano não provocou nada mais grave, tanto que o piloto saiu andando do carro.

Um novo intervalo de mais de 1 hora e 10 minutos foi dado para aguardar a estiagem e a consequente melhoria das condições de aderência.

Retomadas as atividades, foi a vez do líder da tabela Jenson Button se dar mal, ficando apenas com o 14º tempo do “Q2” que terminou com Rubens Barrichello assegurando a última das dez vagas passíveis de garantia de presença na Super Pole.

E foi na “Q3” que o paulista Ruibens Gonçalves Barrichello cravou a marca de 1min19s576 que além de lhe garantir a terceira pole para GPs domésticos (havia saído na frente pela Ferrari em 2003 e 2004), lhe deu uma força extra na briga pelo título.
Jorge Kraucher

anterior Índice de notícias próxima
Enviar Imprimir  




Fórmula 1
Fórmula 3
Fórmula Truck
GP2 Series
Outras Fórmulas
Stock Car
GT3 Brasil
Rally
Kart
Endurance
Esporte Turísmo
Esporte Protótipo
Brasil
Europa
Estados Unidos
Mercado
Esporte Amador
Outros


© Copyright 2001/2019 KARTING. Todos os direitos reservados