Home   Especiais   Opinião   Pistas  Agenda  Galeria  Wallpapers  Fale Conosco  
 Categorias
 
 
 
Rubens avalia que temperatura pode ser fundamental na Alemanha
 
Brasileiro garante interatividade com fãs durante o fim de semana da corrida pelo Twitter (Foto: Jean François Galeron)
O piloto Rubens Barrichello está feliz. Ele passou duas semanas nos Estados Unidos com a família, aproveitando as férias de seus filhos. Além disso, fez tratamento de fisioterapia para as dores nas costas que lhe atrapalharam no último GP da Inglaterra. "Orlando foi o máximo porque não só consegui me recuperar totalmente das costas, mas também com o calor que estava, consegui treinar fisicamente ainda melhor. Sem falar dos momentos com a família”, comentou o recordista de corridas da F1. O piloto da Brawn GP desembarcou na quarta-feira (8) na Alemanha, onde conquistou duas de suas nove vitórias na categoria. O GP da Alemanha deste domingo (12), a nona da temporada, acontece às 9h (horário de Brasília) em Nurburgring, local de sua vitória em 2002. A outra em território alemão, a primeira de sua carreira na Fórmula 1, foi em Hockeheim em 2000.

"Alemanha sempre foi um lugar bom pra mim. Estão esperando uma temperatura por volta de 18 graus na corrida, o que não é fantástico para a nossa situação em relação aos pneus, mas com certeza seria melhor do que encontramos em Silverstone. Existe a chance de chuva também, então o negócio é esperar para ver como vai estar e acelerar o máximo em qualquer situação. Teremos algumas modificações aerodinâmicas e espero que isso nos ajude bastante. Sem nenhuma dúvida que a Red Bull terá o carro a ser batido, mas a pista aqui pode nos favorecer também”, destacou.

Barrichello comentou também sobre as características da pista. "O traçado e o fluxo da pista são bons, o que permite que você pegue um bom ritmo, além de terem algumas ondulações interessantes. A primeira curva é realmente importante para se ajustar e conseguir uma boa volta, e há uma descida com muitas ondulações após a linha de largada. Você tem que ter uma abordagem perfeita e se posicionar bem para sair bem dali. Apesar disso, se algum dos carros ao redor deslizar por ali, é uma das melhores oportunidades para ultrapassar, então, é preciso estar bem alerta para tirar vantagem disso. Muitas das curvas de Nurburgring são inclinadas, por isso, pegar a linha certa na entrada das curvas é importante durante toda a volta. Nós não corremos aqui há dois anos, então será interessante ver o desempenho de um carro bom no circuito”.

Twitter

Rubens foi mais um dos pilotos que se renderam ao Twitter (www.twitter.com/rubarrichello), o microblog que virou febre na internet. Ele criou sua conta há cerca de duas semanas e atinge a marca de quase 35 mil seguidores, onde vem mantendo contato muito próximo com fãs, jornalistas, amigos, como Luciano Huck, e os pilotos Tony Kanaan, Nelsinho Piquet, Luciano Burti, entre outros. Além disso, ele comenta provas da Fórmula Indy e Nascar e posta fotos de suas férias com a família. Pelo Twitter, Rubinho prometeu mandar informações diretamente da pista. "Na Alemanha agora. Twitter na corrida será uma novidade, mas não vejo a hora de mandar fotos e falar com vocês de lá”.

Confira a programação do GP da Alemanha:

Sexta-feira (10)
Treino livre - 5h (horário de Brasília)
Treino livre - 9h

Sábado (11)
Treino livre - 6h
Classificação - 9h

Domingo (12)
GP da Alemanha - 9h
Anderson Marsili

anterior Índice de notícias próxima
Enviar Imprimir  




Fórmula 1
Fórmula 3
Fórmula Truck
GP2 Series
Outras Fórmulas
Stock Car
GT3 Brasil
Rally
Kart
Endurance
Esporte Turísmo
Esporte Protótipo
Brasil
Europa
Estados Unidos
Mercado
Esporte Amador
Outros


© Copyright 2001/2019 KARTING. Todos os direitos reservados