Home   Especiais   Opinião   Pistas  Agenda  Galeria  Wallpapers  Fale Conosco  
 Categorias
 
 
 
Inglesa: Dois acidentes acabam com chances de Victor Corrêa em Rockingham
 
Victor ocupou a segunda posição nas duas corridas deste domingo (Foto: Jakob Ebrey)
Piloto mineiro foi envolvido em batidas quando ocupava o segundo lugar e caminhava para mais dois pódios

A rodada dupla deste domingo (31/05) válida pela quinta e sexta etapa da Fórmula 3 Inglesa não vai ficar guardada na memória do mineiro Victor Corrêa (Unifenas). No momento em que ocupava a segunda colocação na classe National e vinha bem em ambas as provas, o piloto foi envolvido em acidentes que o impossibilitaram de conseguir bons resultados. “Eu comecei as duas provas muito bem, com boas largadas e ultrapassagens, mas estes acidentes acabaram com minhas chances de um bom fim de semana”, afirma o piloto, quarto colocado no campeonato. As corridas foram disputadas no moderno circuito de Rockingham, na Inglaterra.

Na primeira corrida, Victor Corrêa fez uma boa largada, ultrapassou três adversários e assumiu a segunda posição em sua classe. Na segunda volta, o titular da Litespeed foi ultrapassado por um piloto da classe International. O brasileiro Gabriel Dias, que vinha logo atrás, tentou se aproveitar da situação e, na tentativa de ultrapassagem, acabou empurrando Victor para a grama. “Não tinha espaço pra ele por carro. Eu perdi todas as posições que ganhei e fui para o fim do pelotão”, lamenta Corrêa.

Após o acidente, Victor ficou sem condições de brigar por um lugar no pódio e terminou a prova na quarta colocação. “Quando fui tocado alguma peça aerodinâmica quebrou e acabou com minha corrida. Eu passei a perder muito tempo na saída de curva então não conseguia me aproximar de outros carros para realizar ultrapassagens”, conta. Na classe National a vitória ficou com o inglês Daniel McKenzie, enquanto na International o vencedor foi o também inglês Nick Tandy.

No complemento da rodada o filme foi muito parecido. Assim como na corrida inicial, o mineiro de Alfenas ganhou três posições na largada e ficou com a segunda colocação. Ainda no início da prova, vários carros rodaram e causaram um grande acidente logo a sua frente. Ele não conseguiu escapar e acabou batendo num adversário, o que causou a quebra de seu aerofólio dianteiro. “Eu vinha bem em segundo, mas não tive reação. Infelizmente não pude fazer nada”, comenta o titular da Unifenas.

A batida causou a entrada do Safety Car na pista. Quando Victor foi aos boxes para trocar a o aerofólio quebrado, os mecânicos constaram também uma quebra da suspensão e ele não pode retornar à corrida. MacKenzie venceu novamente na National e o sueco Marcus Ericsson foi o primeiro na International. “Tivemos um pequeno progresso durante o fim de semana e as corridas poderiam ter sido muito boas. Agora vamos continuar o trabalho duro até a próxima etapa”, conclui o piloto da Litespeed.

A F3 Inglesa volta à ação no dia 07 de junho, em Hockenheim, na Alemanha.

Estes foram os mais bem colocados na quinta etapa:

1) Nick Tandy (ING). INT, Mygale/Mercedes, 25 voltas em 30min57s771
2) Marcus Ericsson (SUE), INT, Dallara/Mercedes, a 8s608
3) Daisuke Nakajima (JAP), INT, Dallara/Mercedes, a 17s310
4) Carlos Huertas (COL), INT, Dallara/Mercedes, a 18s226
5) Max Chilton (ING), INT, Dallara/Volkswagen, a 18s800
6) Riki Christodoulou (ING). INT, Dallara/Mercedes, a 19s641
7) Henry Arundel (ING), INT, Dallara/Volkswagen, a 23s176
8) Victor Garcia (ESP), INT, Dallara/Mercedes, a 26s969
9) Wayne Boyd (IRN), INT, Dallara/Volkswagen, a 28s786
10) Jay Bridger (ING), INT, Mygale/Mugen Honda, a 32s909
11) Daniel McKenzie (ING), NAT, Dallara/Mugen Honda, a 39s365
12) Gabriel Dias (BRA), NAT, Dallara/Mugen Honda, a 40s662
15) Victor Correa (BRA), NAT, Litespeed/Mugen Honda, a 1min08s315
16) Adriano Buzaid (BRA), INT, Dallara/Volkswagen, a 1 volta

Estes foram os mais bem colocados na sexta etapa:

1) Marcus Ericsson (SUE), INT, Dallara/Mercedes, 22 voltas em 30min01s530
2) Henry Arundel (ING), INT, Dallara/Volkswagen, a 3s926
3) Adriano Buzaid (BRA), INT, Dallara/Volkswagen, a 4s871
4) Daisuke Nakajima (JAP), INT, Dallara/Mercedes, a 6s165
5) Daniel Ricciardo (AUS), INT, Dallara/Volkswagen, a 7s344
6) Walter Grubmüller (AUT), INT, Dallara/Mercedes, a 8s037
7) Victor Garcia (ESP), INT, Dallara/Mercedes, a 13s088
8) Jay Bridger (ING), INT, Mygale/Mugen Honda, a 13s952
9) Hywel Lloyd (GAL), INT, Dallara/Mugen Honda, a 14s409
10) Max Chilton (ING), INT, Dallara/Volkswagen, a 16s030
13) Daniel McKenzie (ING), NAT, Dallara/Mugen Honda, a 27s147
17) Victor Correa (BRA), NAT, Litespeed/Mugen Honda, a 20 voltas
18) Gabriel Dias (BRA), NAT, Dallara/Mugen Honda, a 21 voltas

Assim ficou a classe National da F3 Inglesa após 4 etapas:

1) Daniel McKenzie (ING), 114 pontos;
2) Gabriel Dias (BRA), 72;
3) Max Snegirev (RUS), 64;
4) Victor Correa (BRA), 46.

Assim ficou a Classe International da F3 Inglesa após 4 etapas:

1) Daniel Ricciardo (AUS), 76 pontos;
2) Nick Tandy (ING), 61;
3) Daisuke Nakajima (JAP), 56;
7) Adriano Buzaid (BRA), 35;

Victor Corrêa tem o patrocínio de Unifenas e apoio de Cooparaiso/Flash Power/Corsa/Artmix.

Visite: www.victorcorrea.com.br
João Alberto Otazu

anterior Índice de notícias próxima
Enviar Imprimir  




Fórmula 1
Fórmula 3
Fórmula Truck
GP2 Series
Outras Fórmulas
Stock Car
GT3 Brasil
Rally
Kart
Endurance
Esporte Turísmo
Esporte Protótipo
Brasil
Europa
Estados Unidos
Mercado
Esporte Amador
Outros


© Copyright 2001/2019 KARTING. Todos os direitos reservados