Home   Especiais   Opinião   Pistas  Agenda  Galeria  Wallpapers  Fale Conosco  
 Categorias
 
 
 
FIA GT - Xandinho Negrão chega em 4º na Romênia
 
Brasileiro larga na segunda fila no complemento da rodada dupla em Bucareste (Foto: FIA GT)
Xandinho Negrão (Medley) conquistou mais um bom resultado em seu ano de estréia no FIA GT, uma das principais séries de turismo de todo o mundo. Neste sábado, em parceria com o português Miguel Ramos, o piloto brasileiro levou o Maserati MC12 GT1 da Vitaphone Racing à 4ª colocação na prova de rua de Bucareste (Romênia), válida pela sexta etapa da temporada. A vitória foi dos suíços Marcel Fassler e Jean-Deniz Deletraz, que comandaram a dobradinha do Corvette Z06 com apenas seis décimos de segundo de vantagem sobre o holandês Mike Hezemans e o italiano Fabrizio Gollin.

Quinto colocado no grid – ganhou uma posição com a decisão do austríaco Karl Wendlinger e do escocês Ryan Sharp de não participarem da prova -, Xandinho chegou a voltar para sexto para evitar um choque na largada. Mas descontou o prejuízo com a ultrapassagem sobre o Saleen S7 de Anthony Kumpen e começou a obedecer à estratégia planejada: retardar a parada obrigatória para troca de pneus, reabastecimento e troca de pilotos.

Com a pista limpa, aproveitando o pit stop dos adversários, Xandinho aumentou o ritmo e entregou o volante ao companheiro na terceira colocação. “Fizemos uma parada muito rápida. Toda a operação levou apenas 11 segundos”, explicou. Ramos, contudo, acabaria sendo superado pelo alemão Michael Bartels, que corre com o outro Maserati MC12 da Vitaphone Racing. “Ele cometeu um erro e o Bartels aproveitou. Foi uma pena, porque perdemos a chance de subir ao pódio.”

A 7ª etapa será disputada novamente com a duração de uma hora, a partir das 8h15 (Brasília). O grid obedecerá a ordem de largada da primeira corrida. Desta forma, o carro de Xandinho partirá em 4º. “Ainda não conversamos, mas a tendência é que eu faça o turno inicial outra vez”, disse. Na véspera, depois de um longo período de indefinição, os organizadores esclareceram pilotos e equipes sobre o sistema de pontuação. Como única rodada dupla do calendário, os pontos foram divididos em duas corridas. Assim, o vencedor de cada etapa ganhará cinco pontos, e não os 10 habituais.

O resultado final em Bucareste:

1 – Marcel Fassler-Jean Deniz Deletraz (Corvette Z06), 46 voltas em 1h00min47s952
2 – Mike Hezemans-Fabrizio Gollin (Corvette Z06), a 0s613
3 – Andrea Bertolini-Michael Bartels (Maserati MC12), a 23s170
4 – Xandinho Negrão-Miguel Ramos (Maserati MC12), a 30s369
5 – Christophe Bouchut-Xavier Maassen (Corvette Z06), a 36s924
6 – Anthony Kumpen-Bert Longin (Saleen S7), a 40s810
7 – Phillip Peter-Allam Simonsen (Aston Martin DB9), a 43s593
8 – Peter Cox-Roman Rusinov (Lamborghini Murciélago), a uma volta
9 – Robbie Bell-Andrew Kirkaldy (Ferrari F430), a uma volta
10 – Toni Vilander-Gianmaria Bruni (Ferrari F430), a uma volta
Márcio Fonseca

anterior Índice de notícias próxima
Enviar Imprimir  




Fórmula 1
Fórmula 3
Fórmula Truck
GP2 Series
Outras Fórmulas
Stock Car
GT3 Brasil
Rally
Kart
Endurance
Esporte Turísmo
Esporte Protótipo
Brasil
Europa
Estados Unidos
Mercado
Esporte Amador
Outros


© Copyright 2001/2019 KARTING. Todos os direitos reservados